sábado, 1 de dezembro de 2012

Dezembro mês da união

ALÔ DEZEMBRO! QUE OS ANJOS DIGAM AMÉM!

Dezembro chegou finalmente! É época de Natal, e para este ano, já planejo boas novas; fazer a minha lista de desejos para 2013 vai ser uma delas. Pretendo encontrar um novo caminho, uma nova motivação. Algo com comida? Talvez...,ainda não parei muito com foco mais forte em alguma coisa. Um curso? Ah! Com certeza! Voltar a dirigir? Claro! Só não quero mais ser covarde! Eu vou apostar todas as fichas em mim mesma, preciso acreditar que posso ser capaz daquilo que mais desejar. Escrever um blog em parceria com outras pessoas? Essa meta é pra logo!Bem vindo mês onde os sonhos se realizam! "Papai Noel", estamos lhe esperando com alegria.Estou a procura de um cardápio delicioso e simples.Aceito sugestões!

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Vacinose - Você sabe o que significa?

 Ao escrever o post do  drpetltda.blogspot.com, encontrei uma ótima motivação para escrever também aqui nesse cantinho. O mesmo assunto serve para os dois: homem e animal, leiam e tirem as suas conclusões!

http://medicinadavida.com.br/wordpress/?p=732
A vacinose é doença ou afecção originada do emprego de vacinas.
Diariamente atendem-se adultos e idosos que apresentam algum efeito colateral ou exacerbação de sintomas incipientes ligados ao uso de vacinas.
Geralmente o idoso com estado gripal fez recente ou tardiamente a vacina da gripe, num período de 1 a 4 meses da aplicação dela. Acontece que o idoso portador de doença crônica degenerativa apresenta complexos antígenos anticorpos específicos das doenças que retornam a atividade pelo processo vacinal. Não podemos esquecer que a resposta imunológica gripal na doença é estímulo reacional imunológico, diferente da vacina que não é uma doença real, e sim, doença modificada artificialmente injetada na pessoa.
Nenhum serviço pode exigir que determinada pessoa faça várias vacinas ao mesmo tempo. Cada vacina é um universo imunológico imenso e cada pessoa vai reagir conforme a sua unidade imunológica.
Atendi paciente que para entrar num país estranho fez várias vacinas ao mesmo tempo.
Assisti outro paciente apresentando sintomas das vacinas que tinha feito no início da viagem.
Outro dia atendi paciente cujo serviço exigiu que para trabalhar na área da saúde tivesse que fazer 4(quatro) vacinas: da gripe, do tétano, da hepatite e uma polivacinal (triviral), todas ao mesmo tempo. Nos 2 a 3 dias iniciais apresentou intensa dor muscular, cefaléia, coriza, astenia e exacerbou os sintomas alérgicos que era portador como: rinite, blefarite com intensa coceira nos olhos, saiu eczema na pele e irritabilidade. Estes sintomas mais imediatos sumiram. Passou 3 semanas que tomou as 4 vacinas e todos preocupados no serviço por estar com coriza, febre e sintomas gripais. Gripe A? Será que o Setor da Saúde aonde trabalha esqueceu que foram aplicadas 4 vacinas e existem sintomas imediatos, mais tardios e os ligados a evolução da doença no indivíduo! Esqueceram? Apresentou febrão, cefaléia, tosse, vômitos, mal estar geral, astenia, calafrios, secreção nos olhos.
Cada vacina tem um modo de reação e existem sintomas que são diferentes daqueles monovacinal.
Outro dia foi uma paciente que fez 3 vacinas (febre amarela, tétano, hepatite), portadora de alergia e urticária, exacerbou esta doença. O pessoal da repartição preocupado com seus sintomas mandou que fosse procurar assistência médica. Fez vacinas para viajar para a Região Amazônica. Como fez vacinas antes da viagem apresentou sintomas semelhantes a sua alergia, mas não valorizou.Os outros vacinados fizeram diarréia e mialgia já na viagem.   
Nosso sistema imunológico foi feito para reagir 1 a 1, Isto é, um antígeno a proteína estranha da vacina, o nosso organismo produz anticorpos específicos.
A vacinose é doença inventada pelo homem no uso das vacinas e as pessoas acham, que estes sintomas quando manifestos são normais. É totalmente diferente da Homeopatia, que experimenta num Homem São um remédio diluído e dinamizado sem efeitos colaterais.
A Homeopatia testa no Homem São uma substância dos diversos Reinos da Natureza. Dilui e dinamiza a substância desaparecendo a materialidade dela, só existindo sua energia vibracional. A partir daí, realiza uma Experimentação no Homem.  Estes sintomas são anotados e quando existe paciente com eles, administra-se este remédio para estimular sua defesa.
A Homeopatia pode descobrir um remédio único nos surtos epidêmicos de doenças anotando os sintomas comuns e fazendo um medicamento homeopático específico para o surto epidêmico como no caso da gripe, dengue, cólera, etc.
Autor: Mauro Montaury de Souza.

E a gente na ignorância, acorda menina! Abra os olhos! A saúde é o bem mais valioso que temos na vida.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Inflamação - A Depressão pode começar com ela



Estudos recentes têm mostrado que uma  inflamação pode estar envolvida na patogénese da depressão. De fato, algumas pesquisas têm demonstrado que a depressão está freqüentemente associada com inflamações gastrointestinais e doenças auto-imunes, bem como com outras doenças em que a inflamação crônica de baixo grau é um fator que contribui significativamente.
É possível que a depressão possa ser uma manifestação neuropsiquiátrica de uma síndrome inflamatória crónica. E a principal causa dessa inflamação pode ser a disfunção do "eixo do intestino-cérebro".
De acordo com um estudo reproduzido no site Informações Med Verde:
"... [A] n crescente número de estudos clínicos têm demonstrado que o tratamento de inflamações gastrointestinais com probióticos, vitaminas B, D e ácidos graxos ômega 3, através da atenuação estímulo pró-inflamatório para o cérebro, também pode melhorar os sintomas de depressão e qualidade de vida. Todos estes achados justificam a suposição de que o tratamento de inflamações gastrointestinais podem melhorar a eficácia das modalidades de tratamento atualmente utilizados de depressão e doenças relacionadas. "
Dr. Mercola
A noção de que a inflamação em seu intestino poderia estar ligada aos seus sintomas de depressão pode soar exagerado, mas na verdade faz todo o sentido quando você entende a conexão entre  seu cérebro e seu trato digestivo.
Talvez o exemplo mais simples seja aquele  um frio na barriga quando você está nervoso, assim, seus pensamentos, o cérebro ou seja, estão enviando sintomas para seu intestino. Mas uma outra rota de conexão é via de baixo grau de inflamação, que é um fator importante que contribui para inúmeras doenças que ocorrem frequentemente ao lado de depressão, e pode, de fato, ser a manifestação de sintomas depressivos seus.

Depressão é o resultado de uma inflamação crônica?

Uma revisão recente indicou vários mecanismos pelos quais a inflamação gastrointestinal pode desempenhar um papel crítico no desenvolvimento de depressão.
Entre eles:
  1. A depressão é frequentemente encontrada ao lado de inflamações gastrointestinais e doenças auto-imunes, bem como com as doenças cardiovasculares, doenças neurodegenerativas, diabetes tipo 2 e também o cancro, em que a inflamação de baixo grau crónica contribui significativamente. Assim, os pesquisadores sugerem que "a depressão pode ser uma manifestação neuropsiquiátrica de uma síndrome inflamatória crônica."
  2. A pesquisa sugere que a principal causa da inflamação pode ser disfunção do seu intestino é literalmente o seu segundo cérebro "eixo do intestino-cérebro." - Criado a partir do tecido idêntico ao  cérebro durante a gestação -  contém grandes quantidades do neurotransmissor serotonina, que está associado com o controle do humor. É importante entender que as bactérias do seu intestino são parte ativa e integrada de seu corpo e, como tal, são fortemente dependentes da sua dieta e vulnerável para ao seu estilo de vida. Se você consumir uma grande quantidade de alimentos processados ​​e bebidas açucaradas, por exemplo, as bactérias do intestino são as mais agredidas vai ser  porque os alimentos processados ​​em geral destroem  a microflora saudável e também açúcares de todos os tipos alimentam as bactérias ruins e leveduras, bem como promovendo uma sistêmica inflamação.
  3. Um número crescente de estudos clínicos têm demonstrado que o tratamento da inflamação gastrointestinal com probióticos, vitamina B, vitamina D e ômega-3 gorduras também pode melhorar os sintomas de depressão e qualidade de vida, atenuando estímulo pró-inflamatório para o seu cérebro.
O que isso tudo vem comprovar  é que a inflamação crônica em um corpo, perturba o funcionamento normal  de muitos organismos vivos, e pode causar estragos em seu cérebro. Mas parece que a inflamação pode ser mais do que apenas mais um fator de risco para depressão; pode de fato ser,  o fator de risco que fundamenta todos os outros. Embora essa avaliação refira-se  a depressão pós-parto, a resposta inflamatória é a mesma no seu impacto em todas as formas de depressão.
Publicado no Jornal Internacional de Aleitamento Materno , pesquisadores afirmaram:
"O velho paradigma descrito sobre  inflamação como simplesmente um dos muitos fatores de risco para a depressão confronta com o  novo paradigma que é baseado na pesquisa mais recente, onde  a inflamação aumenta física e psicológica com estresse. Estes estudos recentes constituem uma importante mudança no paradigma da depressão:.. Inflamação  não é simplesmente um fator de risco, é o fator de risco maior que todos os outros.
Além disso, a inflamação explica por que fatores de risco psicossociais, comportamentais e físicos aumentam o risco de depressão. Isto é verdade para a depressão em geral e para a depressão pós-parto, em particular.
Mulheres no periodo puerperal são especialmente vulneráveis ​​a estes efeitos, porque os seus níveis de citocinas pró-inflamatórias aumentam significativamente durante o último trimestre da gravidez - nesse momento o risco da depressão aumenta.   Experiências comuns da nova maternidade, tais como distúrbios do sono, pós-parto dor, e passado ou atual trauma psicológico, atuam como fatores de estresse que fazem níveis de citocinas pró-inflamatórias subirem "

  O açúcar é também um fator importante na depressão

Há um grande livro sobre este assunto, Sugar Blues , escrito por William Duffy há mais de 35 anos atrás, que investiga a ligação de açúcar com depressão, muito bem detalhado. O argumento central que Duffy faz no livro é que o açúcar é extremamente prejudicial a saude; é uma  droga que vicia e que simplesmente faz diferença negativa na dieta - a eliminação do açúcar, tanto quanto possível  pode ter um impacto profundamente benéfico sobre a sua saúde mental. Ele ainda defendeu a eliminação de açúcar da dieta do doente mental, afirmando que poderia ser um tratamento altamente eficaz.
Tornou-se cada vez mais claro que o motivo pelo qual o açúcar é muito prejudicial para sua saúde mental é porque o consumo desse nutriente desencadeia uma cascata de reações químicas em seu corpo que promovem a inflamação crônica. Além disso, o excesso de açúcar e frutose irá distorcer a relaçãodas boas e das más bactérias no seu organismo, o que desempenha  um papel fundamental em sua saúde mental . O açucar atua como  fertilizante / combustível para bactérias patogênicas, fungos  que negativamente inibem as bactérias benéficas no seu intestino.
Por exemplo, pesquisa recente mostrou que os probióticos Lactobacillus rhamnosus foi encontrado para ter um efeito significativo sobre os níveis de GABA em certas regiões do cérebro e baixou a corticosterona hormônio induzido pelo estresse, resultando em redução comportamento de ansiedade e depressão relacionadas . Mas se você consumir uma grande quantidade de alimentos processados ​​e bebidas açucaradas (que são normalmente frutose), as bactérias do intestino  provavelmente irão ser severamente comprometidas e assim é a sua saúde mental! Assim, a resposta dietética para o tratamento da depressão é limitar severamente açúcares, especialmente frutose , bem como grãos.
É importante notar que o açúcar também pode levar à liberação excessiva de insulina que pode levar à hipoglicemia, que, por sua vez, faz com que o seu cérebro produza glutamato em níveis capazes ca de usar agitação, depressão, raiva, ansiedade ataques, pânico e um aumento no risco de suicídio .
A medida deve ser radical mesmo!  Reduzir a ingestão de açúcar, especialmente a frutose , a menos de 25 gramas por dia será uma das intervenções mais poderosas para lidar com a depressão, bem como combater a inflamação crônica e apoiar bactérias intestinais saudáveis. Consumir mais de 25 gramas por dia de frutose claramente empurram a sua bioquímica cerebral, e sua saúde geral, na direção errada.

Aliviar a inflamação gastrointestinal pode aliviar os seus sintomas depressivos

Discutimos a importância de limitar o açúcar e frutose, que é uma das principais formas para tratar a inflamação gastrointestinal, acima. Você também vai querer ter certeza que seu intestino está regularmente "adubado", com as boas bactérias ou probióticos, que são a fundação de um trato gastrointestinal saudável.
Minhas recomendações para otimizar suas bactérias intestinais são as seguintes:
  • Os alimentos fermentados são , de longe, a melhor rota para a saúde digestiva ótima, enquanto você come os feitos na forma tradicional. Escolhas saudáveis ​​incluem lassi (uma bebida de iogurte indiano, tradicionalmente apreciado antes do jantar), fermentado cru (sem pausteurização)de animais  alimentados com capim-orgânico como kefir , várias fermentações em conserva de repolho, nabo, berinjela, pepino, cebola, abóbora e cenoura, e natto (fermentado de soja). Se você come regularmente alimentos fermentados como estes que, novamente, não foram pasteurizados (pasteurização mata os probióticos naturais), as suas bactérias intestinais saudáveis ​​irão prosperar.
  • Suplemento probiótico. Embora eu não seja um dos maiores defensores do uso de suplementos muitos (como eu acredito que a maioria de seus nutrientes devem vir de alimentos), os probióticos são definitivamente uma exceção. Eu usei muitas marcas diferentes ao longo dos últimos 15 anos e há muitos bons lá fora.
  • Se você não comer alimentos fermentados, tomar um suplemento probiótico de alta qualidade certamente faz muito sentido, considerando o quão importante eles são para otimizar sua saúde mental.
Os probióticos têm um efeito direto na química do cérebro, transmitindo o humor e o comportamento de regulação de sinais para o cérebro através do nervo vago, que é outra razão pela qual a sua saúde intestinal pode ter uma influência tão profunda sobre a sua saúde mental, e vice-versa. Dois outros fatores importantes para tratar a inflamação gastrointestinal e também ajudar a aliviar a depressão são:

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Momento extraordinário


{Este momento} - Um ritual sexta-feira. A única foto - sem palavras - a captura de um momento da minha vida Um simples momento especial e extraordinário. Um momento que eu desejo fazer uma pausa, saborear e lembrar.

Se você estiver inspirado para fazer o mesmo, deixe um link para o seu "momento" nos comentários para que todos possam encontrar e ver.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

DASH! - Você sabe do que se trata?

Um grande estudo oferece a evidência mais forte que a dieta que o governo recomenda para diminuir a pressão do sangue pode salvar as pessoas de ataques cardíacos e derrames.

Os pesquisadores acompanharam mais de 88.000 mulheres saudáveis ​​durante quase 25 anos. Eles examinaram as suas escolhas alimentares e anotaram em um estudo, quantas tiveram ataques cardíacos e derrames. Aquelas que se saíram melhor tinham hábitos alimentares semelhantes aos recomendados pelo governo para diminuir a  pressão arterial elevada.

O plano, chamado de dieta DASH, favorece frutas, legumes, cereais integrais, leite desnatado e à base de vegetais acima das carnes.
Mulheres com esses hábitos alimentares estavam com 24% menos propensos a ter um ataque cardíaco e com 18 % a menos de  probabilidades de ter um derrame do que as que faziam outras dietas 
Só para entender melhor:

Como as mulheres podem se proteger?

Conheça os seus números. Saber sobre o seu colesterol, triglicérides, glicose, pressão arterial, e que é um peso saudável para você.

Os exames de sangue

Seja seu sangue testado para o colesterol total, LDL, HDL, triglicérides e glicose. O seu médico pode ter testes adicionais que ele ou ela também quer levar. Você deve estar em jejum (sem alimento ou bebidas, excepto água) por 12 - 14 horas antes de seu teste. Suas metas são:
  • O colesterol total: inferior a 200. O seu médico pode ter uma meta mais baixa para você, baseado em seus fatores de risco individuais.
  • LDL: menos do que 100 é a melhor, menos do que 130 é aceitável. Mais uma vez, o seu médico pode ter uma meta mais baixa para você, especialmente se você tiver diabetes ou já tiveram um ataque cardíaco.
  • HDL: maior que 60 é o ideal. Menos de 50 para as mulheres (40 para homens) aumenta o risco de doença cardíaca.
  • Os triglicéridos: menos do que 100 é a ideal, e menos de 150 é aceitável.
  • Glicose: menos do que 100 é desejável. Se você tem diabetes, seu médico pode ter um destino diferente para si.

Pressão arterial

Sua pressão arterial deve ser inferior a 140/90. (O número de topo é a pressão sanguínea sistólica, eo número de baixo é a pressão arterial diastólica). O seu médico pode ter um destino diferente para você, dependendo de outros fatores de risco.

Peso

Você gostaria de ser um peso, que tem você em um Índice de Massa Corporal (IMC) na faixa saudável. Para mais informações, consulte peso saudável Se você está no IMC classificado como sobrepeso ou obesidade, que estão em maior risco de desenvolver doenças cardíacas.

Além disso, medir sua circunferência da cintura. Para as mulheres, uma medida de cintura superior a 35 "(88 cm) ou 40" (102 cm) para os homens, indica que você está em maior risco de desenvolver doenças cardíacas, diabetes e certos tipos de câncer.

O que você pode fazer para reduzir seus fatores de risco

  • Aumente sua atividade física de pelo menos 30 minutos de exercício de intensidade moderada, na maioria dos dias.
  • Siga uma dieta saudável, como a dieta DASH , rica em frutas, legumes, laticínios e gordura não-baixo teor de gordura, com quantidades adequadas de nozes / feijão, grãos integrais, gorduras saudáveis ​​para o coração, e alimentos ricos em proteínas, sal limitante, saturado e gorduras trans, alimentos refinados ou processados ​​e açúcares adicionados. Gorduras saudáveis ​​para o coração incluem as gorduras omega-3 e monoinsaturados.
  • Limite de álcool a não mais do que um drinque por dia para mulheres (ou 2 drinques por dia para homens).
  • Alcançar e manter um peso saudável.
  • Gerir a sua diabetes, se diabético.
  • Parar de fumar.
  • Tome seus medicamentos prescritos.


As praticas dietéticas para parar Hipertensão Arterial, mais conhecida como a dieta DASH, promove a ingestão de  alimentos de baixo teor em colesterol e sódio, enfatizando frutas e legumes e minimizando a carne vermelha e gordura. Seguindo a dieta pressão arterial vai para baixo, tanto para pessoas que têm hipertensão como para  aquelas com pressão arterial normal - sendo este o resultado da pesquisa. Também reduz o colesterol, de acordo com outras pesquisas. Mas nenhum estudo tinha ido  além desses fatores de risco para ver se a dieta fez a diferença na incidência de doenças cardíacas e derrames em pessoas saudáveis, de acordo com Teresa T. Fung da Simmons College e da Escola Harvard de Saúde Pública.

A dieta DASH para a Saúde

A dieta DASH é especialmente recomendado para pessoas com hipertensão (pressão alta) ou pré-hipertensão . O plano de dieta alimentar DASH foi comprovadamente elemento fundamental  para  reduzir a pressão arterial em estudos patrocinados pelo National Institutes of Health (aproximações dietéticas para parar o Hypertension). Além de ter um baixo teor de sal (ou de sódio ), a dieta DASH proporciona benefícios adicionais por reduzir a pressão sanguínea. É baseado em um plano de alimentação rico em frutas, vegetais e laticínios com pouca gordura ou sem, com grãos inteiros. É uma fibra alta, baixa a moderada dieta de gordura, rico em potasium, magnésio, cálcio. O plano de dieta completa DASH é mostrado abaixo . A dieta DASH é um plano de saúde, concebido para a família inteira . Novas pesquisas continuam a mostrar os benefícios na saúde quando o plano é adicionado.

O plano alimentar DASH provou reduzir a pressão arterial em apenas 14 dias, mesmo sem diminuir a ingestão de sódio. A melhor resposta veio de pessoas cuja pressão arterial foi apenas moderadamente elevada, incluindo aqueles com pré-hipertensão. Para as pessoas com hipertensão mais grave, pode ser que não seja totalmente dispensavel a eliminação da medicação, mas pode ajudar a melhorar a resposta dessa medicação e ajudar a baixar a pressão arterial. A dieta DASH pode ajudar a reduzir o colesterol e com a perda de peso e exercício, deve reduzir a resistência à insulina e afastando o risco de desenvolvimento de diabetes.
 
É possível encontrar mais informaçãoes sobre  O Plano de Acção DASH Diet , que vai oferecer soluções reais para tornar mais fácil para as pessoas seguirem a dieta DASH. Com 28 dias de planos de refeição (com ajustes para vários níveis de calorias), receitas, orientação para perda de peso, como comer em restaurantes, locais de fast food, etc. Esses livros e artigos, mostram como  estocar sua cozinha para a dieta DASH e como ler os rótulos dos alimentos para fazer boas escolhas. E, claro, os planos de refeição e as receitas são todas com baixo teor de sódio / sal. O livro mostra como adicionar a vida  exercícios que vão  ajudar a baixar a pressão arterial. Este livro ajuda você a criar seu próprio pessoal "DASH Diet Plano de Acção".
Nova pesquisa mostra que, após a dieta DASH  o  risco de acidente vascular cerebral e doença cardíaca será reduzido, bem como pedras nos rins. Os benefícios da dieta DASH também foram observados em adolescentes com hipertensão. A dieta DASH é realmente a para todos.

Especificamente, o plano de dieta DASH inclui :

Tipo de alimento
Número de porções para 1600 - 3100 calorias dietas Dose em uma dieta de 2000 calorias
Grãos e cereais
(Incluem pelo menos 3 alimentos integrais cada dia)
6-12
7-8
Frutas
4-6
4-5
Legumes
4-6
4-5
Baixo teor de gordura ou não gordura alimentos lácteos
2-4
2-3
Carnes magras, peixes, aves
1,5-2,5
2 ou menos
Nozes, sementes e legumes
3-6 por semana
4-5 por semana
Gorduras e doces
2-4
limitado

Mesmo que a maioria das pessoas saiba que esta parece ser uma maneira muito saudável de se alimentar,  pode, a primeira vista,  achar que é difícil de implementar e manter. O americano médio recebe 2 - 3 porções de frutas e vegetais combinados a cada dia, para seguir a dieta DASH deve  fazer um esforço concentrado. O livro torna mais fácil. Ele ajuda você com as mudanças de estilo de vida simples e estratégias para criar  novos hábitos que ficarão incorporados por toda a sua vida.

Embora a perda de peso não fizesse parte da pesquisa original da dieta DASH, o livro fornece orientações e planos para adaptar a dieta DASH para uma perda de peso bem sucedida. Muitas mulheres precisam seguir uma dieta de baixa caloria, a fim de perder peso, por isso, a diata DASH utiliza 1200 de calorias. Embora este livro não se destine a ser um programa de perda de peso agressivo, muitos dos nossos leitores relataram 10-35 a perda de pesoem  libra em poucos meses.

O design dos planos de refeição no livro são baseadas em pesquisas mais recentes sobre como fazer refeições satisfatórias, ajudando a evitar a fome entre as refeições. Essa é uma característica-chave da alta fibra, baixa densidade calórica, refeições balanceadas, com porções adequadas.

Verifique no Google.com mais informações sobre a dieta DASH.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Quero ser igual a ela!

Essa semana, finalmente pude comprar uma das obras da mulher que reinventou a comida, sendo ela uma das fundadoras do movimento slow food, que apregoa a comida em ritmo mais natural e caseiro. Então esse artigo ilustra bem o perfil dessa grande chef que teve coragem para divulgar e lutar por uma comida mais selecionada, sem deixar a simplicidade.

Roma, 25 de maio (EFE).- A carta que Alice Waters escreveu ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para fomentar a "educação do paladar" é apenas mais um capítulo da saga que essa chef, dona de uma das melhores cozinhas da Califórnia, empreendeu há décadas para cultivar a paixão pela comida.


"Disse a ele que plantar uma horta e ensinar o país a se preocupar com a agricultura, biodiversidade e saúde das pessoas seria uma mensagem magnífica por parte da Casa Branca", explica Waters em entrevista à Agência Efe, em Roma, onde participou da Semana da Biodiversidade.

Como consequência ou não daquela carta, a primeira-dama americana, Michelle Obama, decidiu plantar uma horta ecológica com a ajuda de estudantes, uma atividade que, segundo Waters, significou o ressurgimento de um modelo de agricultura para o qual, "aa obra da fundadoté então, o país não estava preparado".
Quase 15 anos atrás, em 1995, Waters ousou pela primeira vez enviar uma mensagem a Washington, com uma carta dirigida ao então presidente Bill Clinton, na qual escreveu: "Ajude-nos a alimentar nossas crianças e devolva-as à mesa, que é onde se reúnem nossos mais humanos valores".


"Ajude-nos a criar uma demanda para a agricultura sustentável, pois é a chave para sustentar a vida de todos. Fale sobre isso, promova o assunto nos programas escolares", acrescentava Waters. O projeto podia até parecer uma ilusão nos Estados Unidos, país que, junto à China, lidera os índices de poluição e "onde as raízes dos alimentos não são tão fortes como em outros países", ressalta Waters. Além disso, uma em cada três crianças americanas sofre excesso de peso e uma em cada seis é obesa.

Mas, em 1996, Waters decidiu plantar um jardim de hortaliças em uma escola da Califórnia, em seu programa "The Edible Schoolyard", que envolve as crianças em todo o ciclo de produção de alimentos, desde a horticultura até a preparação final dos pratos.
"É preciso uma reviravolta no sistema gastronômico atual", destaca Waters, de 66 anos, amante da cozinha mediterrânea e indiana. Ela é considerada uma das chefs mais influentes dos Estados Unidos e a principal responsável pelas delícias do "Chez Panisse", o restaurante mais famoso da cidade californiana de Berkeley.
Waters é também autora de oito livros sobre culinária e vice-presidente da Slow Food International, uma organização sem fins lucrativos fundada Itália para promover a tradição culinária local e da qual fazem parte 130 países.
Ela se declara otimista e se empenha em transmitir, entre os ritmos vertiginosos da sociedade global, que "a comida é algo precioso" e que, tendo os ingredientes necessários, "cozinhar é um processo rápido".


"Temos de saber o que podemos plantar, onde vivemos e fazer com que a biodiversidade nutra a gastronomia. Temos de prestar atenção ao que compramos e nos dar conta do prazer que é conectar-se com as pessoas que produzem nossa comida", sustenta essa 'guru' das delícias que, assegura, "nunca" cozinha somente para ela.
Talvez nesse pequeno detalhe se resuma sua ideia de gastronomia, concebida como uma atividade cultural e social na qual "o trabalho não deve recair em uma só pessoa". Sua particular definição de biodiversidade tem como base "se alimentar de comida deliciosa cuidando da agricultura e das futuras gerações".


"Acho que é necessária uma definição internacional de alimentos e que as pessoas tem de comer alimentos reais, não fictícios", argumenta Waters.
Faz tempo que essa filosofia entrou totalmente na Casa Branca, cuja cozinha está nas mãos de Sam Kaas, um jovem chef de 29 anos que faz parte do clã de Alice Waters e que, além de moldar os hábitos culinários dos Obama, é um de seus assessores em políticas de nutrição.
Foto: Agência EFE


segunda-feira, 18 de junho de 2012


Fazer uma comida, ao mesmo tempo gostosa e saudável para filhos e amigos seria sensacional se não fosse a multiplicidade de paladares dos que nos rodeiam, mas a Tutu Galvão escreveu sobre a pegada nutri que nos oferece uma forma bem prática de colocar a saude e o sabor no mesmo prato.
Acho que ela não vai se importar se nesse espaço, que esse truque passa por colocar nos molhos, extratos de vegetais (abóbora, cenoura, espinafre, etc. ).

A receita está aqui

"... Caso não tenha ficado bem claro, os extratos de vegetais são preparados cozinhando os legumes no vapor e depois batendo no mixer ou liquidificador para deixá-los pastosos - obtendo um extrato. Armazenar em pequenos sacos Zip em porções de 1/2 xícara, escrever no saco o que tem dentro e a data do preparo. Congelar". (tutu galvão)

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Prestem atenção - é importante!

Exercicios em excesso podem causar 7 vezes mais problemas cardíacos

Dr. Mercola

Você é daqueles que tem preguiça ou faz corpo-mole para ir a academia  ? Ou você evita porque simplesmente não tem tempo? Então o que eu estou prestes a dizer vai soar como música nos seus ouvidos: às vezes, quando se trata de exercício, menos é mais.

Está se tornando cada vez mais claro que muito exercício, em particular, os de longa duração, facilitam os ataques cardíacos causando mais mal do que bem. Não há necessidade de se exercitar por mais de 45 minutos, de você se exercita corretamente e com eficiência. De fato, um dos exercícios mais eficazes que conheço leva apenas 20 minutos para o treino todo (eu explicarei mais abaixo) ...


Quando o bom exercício passar a ser  ruim
Fazer o seu coração trabalhar é bom. Como a frequência cardíaca aumenta, a quantidade de oxigênio no sangue aumenta e as endorfinas, que agem como analgésicos naturais, aumentam.
Enquanto isso, o exercício aeróbio ativa seu sistema imunológico, ajuda o coração a bombear sangue com mais eficiência, e aumenta sua resistência ao longo do tempo. Mas há um ponto de corte desses benefícios;  se você prolongar a sua sessão de exercícios por  tempo,  pode realmente prejudicar o seu corpo, levando a:
  • Um estado catabólico, em que os tecidos quebram
  • O excesso de cortisol (hormônio do estresse), que não só contribui para o catabolismo, mas também de doenças crônicas.
  • Lesões microscópicas nas fibras musculares (que terá cura problemas se você continuar o excesso de exercício) e aumento do risco de lesões
  • Um sistema imunológico enfraquecido
  • Insônia, especialmente se o seu treino for à tarde ou à noite
Pesquisas recentes dos últimos anos já nos deram toda uma nova compreensão sobre o que seu corpo necessita em termos de exercício,  então  muitas das nossas noções do passado foram viradas de cabeça para baixo. Agora ficou claro que o exercício em excesso pode ser um sério golpe para a sua saúde.

Atividade cardio-respiratória em excesso pode até mesmo danificar o seu coração

Um dos melhores exemplos dos riscos de excesso de exercício pode ser observada em corredores de maratona. Correr uma maratona é muitas vezes visto como o epítome da aptidão e do show final da resistência. Mas ela coloca um estresse extraordinário em seu coração.
De acordo com um estudo apresentado no Congresso Canadense de Cardiologia de 2010, em Montreal, o exercício regular reduz o risco cardiovascular por um fator de dois ou três. Mas o exercício prolongado, vigoroso,  realizado durante uma maratona aumenta risco cardíaco por sete vezes! Corrida de longa distância também leva a altos níveis de inflamação que podem desencadear eventos cardíacos i e danificar o seu coração por muito tempo mesmo depois que a maratona acaba.
Em um estudo publicado no Journal of Applied Physiology, ii pesquisadores recrutaram um grupo de homens mais velhos. Todos eram membros do clube Marathon 100 - ou seja, atletas que tinham concluído um mínimo de 100 maratonas. Se correr maratonas fosse um benefício cardiovascular este seria, certamente, o grupo que você gostaria de examinar seriamente. Então, o que eles encontraram?
Metade dos atletas mais velhos ao longo da vida mostrou algum músculo cardíaco com cicatriz como resultado e, eles eram especificamente homens que haviam treinado por um período maior e mais forte.
A investigação também revelou coração com cicatrizes após o treino cardio elite. Publicada em revista Circulation, iii um estudo em animais foi desenvolvido para imitar a carga de exercício diária de maratonistas ao longo de 10 anos. Todos os ratos normais, tinham corações saudáveis ​​no início do estudo, mas no final a maioria deles tinha desenvolvido "cicatriz difusa e algumas mudanças estruturais, similares às mudanças observadas nos atletas humanos de resistência."
Ainda um outro estudo, mostrou que os atletas de resistência que se exercitam por um longo período, sofrem de função diminuída do ventrículo direito do coração depois de corridas de resistência. iv Eles também tinham aumentado os níveis sanguíneos de enzimas cardíacas, que são marcadores para lesão cardíaca e, 12 % dos atletas, apresentaram tecido cicatricial detectável em seu músculo cardíaco uma semana após a corrida. Por isso, é mais do que provável que, se você se exercita em excesso, vai provocar danos em seu organismo.
Idealmente, para obter o máximo de benefícios você precisa empurrar seu corpo forte o suficiente para um desafio, permitindo tempo suficiente para a recuperação e reparação aconteçam. Acontece que uma das melhores maneiras de fazer isso é seguir um regime de fitness que imita os movimentos de nossos ancestrais caçadores-coletores , que incluíam rajadas curtas de alta intensidade nas atividades - mas não de longa distância em execução, como é exigido para completar uma maratona ou mesmo uma hora na esteira.

Exercicio  vigorosos mas de pouca duração traz mais benefícios em Menos Tempo

Mencionei um treino extremamente eficiente que você pode completar em apenas 20 minutos. Eu estava me referindo ao pico de forma . Depois de um até três minutos de aquecimento, você eleva sua frequência cardíaca até o seu limiar anaeróbio de 20 a 30 segundos (isso pode ser feito por corrida, usando uma máquina elíptica, bicicleta reclinada, etc), seguida por uma recuperação de 90 segundos. Em seguida, repetir o ciclo para um total de oito repetições, como mostrado abaixo.
De acordo com a aptidão criada pelo especialista Phil Campbell, autor de "Ready, Set, Go", para receber benefícios cardiovasculares é necessário trabalhar associando todas as fibras musculares (você tem três tipos diferentes) com seus sistemas de energia. Curiosamente, esse teste não pode ser alcançado com cardio tradicional ... Seu coração tem dois diferentes processos metabólicos:
  1. O aeróbico, que necessitam de oxigênio para o combustível
  2. O anaeróbica, que não necessitam de qualquer oxigénio
Treinamento de força tradicional e exercícios cardio trabalham principalmente o processo aeróbio. Treinamento intervalado de alta intensidade, como o pico de forma, por outro lado, trabalham o seu aeróbio e seus processos anaeróbios, que é o que você precisa para obter o benefício cardiovascular ideal. Como um benefício adicional, quando você executa exercícios de pico de forma adequado, também vai aumentar o seu hormônio de crescimento humano (HGH), com isso aumenta o seu crescimento muscular queimando a gordura de forma efetiva. Naturalmente acontece maior liberação de HGH que também desempenha um papel importante na promoção da sua saúde e longevidade.
Quando você trabalha fora, quer compensar, praticando o exercício mas vezes por semana mas é aconselhável avaliar a tolerância de seu corpo a este esforço e dar a ele tempo para se recuperar. Na verdade, você não deve fazer atividades vigorosas mais de três vezes por semana. Se você fizer isso, pode realmente provocar mais dano do que benefícios - semelhante a correr maratonas. Eu, pessoalmente, pratico uma vez por semana, se eu estou fazendo o treinamento de força, pois isso dá-me tempo suficiente para recuperar.
Você também pode fazer exercício de alta Intensidade com musculação mais lenta

Viu? O bom senso vai lhe prevenir de muitos males. Não exagere na dose, você nunca ouviu dizer que “tudo demais é veneno?

Maria Isabel

Apesar do nome, não é uma pessoa - é um prato! Meu neto Arthur, adora e como toda avó zelosa, estou sempre buscando oferecer a ele, saúde em primeiro lugar, mas sabor é muito importante, então, nas receitas que faço, procuro incluir esses dois elementos e é claro, uma pitada de amor, o complemento ideal, aquele que não pode faltar de jeito nenhum. A receita desse "quase" risoto, aprendi com a minha mãe, que apesar de não ser uma grande cozinheira, tem lá seus méritos.
Serve duas pessoas.

 Maria Isabel

1xic (cha) de arroz comum
1 colher (sopa) de azeite (pode ser manteiga, mas eu prefiro usar o azeite que é menos prejudicial)
1/2 cebola ralada ou cortada bem fininha
1 dente de alho pequeno picadinho ou ralado
1 xic de carne ou frango picadinho
Algumas folhinhas de coentro (bem picadinhas)
1 tomate sem pele e sem semente picado
1 colher  (cha) de colorau (pode ser açafrão, se preferir)
Sal e pimenta a gosto ( a pimenta é opcional - bem pouquinho)
1 colher sopa de requeijão light
1 colher (sopa) de queijo ralado (não use o parmesão ralado - o meia cura ou qualho, é melhor)
3 xic de caldo de carne ou frango caseiros (mas pode ser água fervente mesmo)

Refogue no azeite a cebola, o alho. Adicione a carne ou frango temperada com sal e pimenta;
Junte o colorau, o tomate e o arroz. Deixe refogar por 3 minutos.Adicone o caldo ou a água aos poucos até ficar numa altura de 4 dedos acima do arroz. Baixe o fogo e deixe cozinhar lentamente. Quando a água estiver bem baixa, quase aparecendo o arroz, coloque o requeijão, o queijo e por fim, o coentro picadinho.Dê uma mexida e se achar que o arroz ainda não ficou cremoso, adicione meia xicara (cha) de leite; tampe e desligue o fogo. Está pronto! Sirva morno, se esfriar, perde a graça.

Bon apétit!


 

terça-feira, 8 de maio de 2012

Tapete geo II


 Muito trabalho com agulhas de crochet nos próximos dias. O tapete acima (que enfim apresento aqui!) deverá estar pronto essa semana; o presente para minha mãe me espera, não quero dar a ela uma coisa comprada, presente assim não tem graça.. e estou pensando em tecer uma saída de praia, acho que ela vai gostar!Se realmente der certo, eu mostro aqui.
O meu presente - estou dividida entre um Livro e um... livro!!!! Mas aceito indicações.


Meus dois amores atuais: Panelinha - receitas que funcionam ou  a arte da comida simples - quem vai levar.
O peixe de crochet eu fiz para meu neto Arthur guardar o seu pijama. Ele adorou!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Tempero caseiro


Todas as vezes que meu marido ia até a central de bastecimento da nossa cidade, voltava com um pacote de coentro fresco! Gente, era um pacote mesmo! Era tanto que eu nunca dava conta, apodrecia, não tinha jeito. Você sabe, coentro é uma erva muito perfumada, não dá pra usar muito, ainda por cima lá em casa onde ninguém quer ver o coentro na comida (prega na garganta mãe!). Mas, assistindo ao programa da Rita Lobo na GNT, tive uma ideia que me resolveu esse probleminha (de mesa e desperdício), querem saber como? A receita de pesto com salsinha, que acompanhou a polenta mole, me fez lembrar que, embora o coentro não fique muto bom como molho, pode muito bem ser conservado como tempero; e não é que deu certo?! Já fiz, provei e espalhei para a famíia inteira! Aliás, fiz pequenos potinhos e levei para amigos e parentes, tornou-se um afeto gostoso.

1 punhado de coentro fresco + 3 dentes de alho + 1 cebola média inteira + 1 xicara de sal grosso + 1/2 xicara de azeite. Não usei pimenta, mas você pode fazer ao seu gosto. Bata tudo no processador (vá misturando um ingrediente de cada vez se usar o liquidificador) e depois, é só colocar em vidros esterilizados, colocar na geladeira e ..., usar! O pasta fica verdinha e não escurece! Use em carnes, frangos, feijão, cozidos e sopas ou no que a sua intuição culinária lhe disser. Coentro estragado? Nunca mais!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Vivendo sem produção de lixo

Quando eu era criança, freezers em casa, não existiam! Só em bares e restaurantes. Na casa da minha avó paterna, eu conheci a geladeira, objeto que eu adorava abrir para investigar... Bem, mas o assunto hoje é sobre produzir menos resíduos alimentares, coisa que antigamente era mais levado a sério, principalmente, porque, como falei antes, as Geladeiras e Freezers não eram populares como hoje. 
Eu lembro, que restos de comida da mesa, quando não podiam mais serem aproveitados no jantar, ficavam em um balde, que seria recolhido por quem criava porcos. A "Lavagem", era assim que se chamava aquele monte de comida misturada, entre restos, cascas e grãos, era um excelente alimento para esses animais. 
Hoje em dia, ninguém mais cria porcos em casa e, a cada dia, sugem mais alimentos processados (prontos ou semi-prontos), que além das sobras do alimento, nos deixam as terríveis "embalagens descatáveis!" Procuro não comprar esses alimentos, mas acabo, vez ou outra, com caixas de leite e suco em casa (uma andorinha só não faz verão né?) e, por mais que eu tente explicar o problema, vez ou outra, sou voto vencido em casa. Então, passeando na net, encontrei umas boas dicas para diminuir essa  geração de lixo diária
Do blog http://smallnotebook.org

20 dicas para fazer o máximo de seu alimento e minimizar o desperdício de alimentos.

Use o Freezer

1. Quando você cozinhar uma refeição que é grande o suficiente para ter sobras, vá em frente e congele-a imediatamente. A comida terá melhor sabor e você não vai ter que comer a mesma coisa três noites seguidas.
2. Quando você congelar molhos ou sopas em sacos de  plástico, retire tanto ar quanto possível antes de selar o saco. Empilhá-los de forma plana, para que eles não ocupem muito espaço em seu freezer.
3. Preservar uma abundância de limões e limas, colocando o suco em formas de gelo e guardando o suco congelado para mais tarde.
4. Frutas como uvas, bananas e morangos podem ser congelados. Espalhe frutas sobre uma assadeira para congelar para que eles não serão presos juntos, antes de envolvê-los.
5. Vinho restante pode ser congelado em bandejas do cubo de gelo, e depois acrescentou aos pratos de carne chiando ou molho de espaguete.

Reutilize

6. O que você faz com o pão velho? Corte o pão em quadrados e faça torradas em fogo baixo para fazer croutons. Se ainda assim acontecer sobras,  esmigalhe o pão em um processador de alimentos para fazer farinha de rosca. Faça rabanada ou recheio.
7. Bolinho de arroz frito é melhor quando feito com arroz velho .
8. Bananas escuras deixam um gosto doce na vitamina e no  pão de banana.
9. Velhos vegetais podem ser adicionados em guisados ​​ou sopas.
10. Os tomates podem ser amassados ​​em molho de tomate ou salsaretti

Salve as coisas menores

11. Uma pequena porção de sobras pode não ser suficiente para uma refeição, mas poderia fazer um bom lanche. Verifique na geladeira  pequenas porções antes de puxar um saco de batatas fritas.
12. Sobras de frango assado pode ser adicionado a um estoque.
13. Cascas de queijos duros como parmesão podem ser congeladas e posteriormente adicionadas a sopas de sabor mais rico.
14. Quando seu pequeno foge sem terminar um copo de leite, não derramá-lo na pia e lavar o vidro. Coloque de volta na geladeira para a próxima vez que eles querem algo para beber.(É só bater no liquidificador com achocolatado. Fica outro!)

Prevenção é  Melhor

15. Saiba o que está em seu freezer ou geladeira. Mantenha os alimentos no congelador bem marcados, e rever de vez em quando o seu estoque  ou pelo menos antes de ir ao supermercado.
16. Empacote corretamente os alimentos. Não jogue algo na geladeira descoberto, ou deixar abandonado no balcão. Embrulhe-o ou coloque uma placa sobre a tigela de comida para cobri-la e evitar moscas e outros insetos.
17. Seja realista sobre o que sua família vai comer e mantenha isso em mente antes de fazer compras na venda ou no supermercado.
18. Sele bem os sacos  na despensa e geladeira.
19. Frascos garrafas pet são uma maneira fácil e barata para armazenar alimentos a granel despensa.  É bom  lavar e reutilizá-las para o armazenamento de produtos secos.
20. Uma maçã podre ... ! Verifique os seus grandes sacos de batatas, cebolas, maçãs... e, as caixas de frutas antes de guardá-las. Você não gostaria de deixar uma batata estragada contamine o resto de suas batatas antes de você e sua família comê-las.
Quais são suas dicas para fazer a maior parte de seus mantimentos e restos de comida?
 

terça-feira, 17 de abril de 2012

Tapete geométrico

http://blog.craftzine.com/archive/2010/05/how-to_crochet_or_knit_grass_r.html
Um novo projeto! Um  tapete de crochet especial; estou utilizando formas diferentes, estou criando verdadeiramente e está ficando lindo! Já fiz muitos tapetes, mas esse é minha primeira cria, os outros foram feitos a partir de receitas encontradas em revistas ou na net. O crochet tem muitas vantagens, inclusive a beleza, porque..., vamos combinar: as peças ficam muito belas. Além de tudo, é funcional, resistente, prático (facílimo de lavar), não precisa de grandes artifícios para ser feito, só um pouco de tempo e paciência..., isso eu ainda tenho (a paciência)!
Como disse, estou criando..., amanhã, terminarei o esboço do tapete no Corel e logo poderei postar aqui sobre. Alô criatividade! E você, está criando hoje? Me diga!

Enquanto o meu não fica pronto, deixo este que encontrei na net.
ou este

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Você já experimentou - Sopa de Repolho

Remexendo a geladeira, encontrei lá no fundo um belo repolho. Normalmente eu uso essa crucífera em saladas mas hoje, vou experimentar essa sopa que me parece muito gostosa. Deixo a receita para uem quiser provar.
http://www.blogger.com/img/blank.gif
Pão italiano e sopa de repolho
adaptado de Moosewood Nova Clássicos

serve 2-3, mas irá duplicar perfeitamente

3 xícaras de cubos de pão (qualquer tipo serve, mas um fermentado ou de centeio saudável será especialmente agradável)
3 colheres de manteiga
3 xícaras de repolho em fatias finas (vermelho ou verde ou uma mistura)
1/2 colher de chá de noz-moscada
1/2 colher de chá de pimenta do reino
1/2 colher de chá de sal, ou mais a gosto
3 xícaras de caldo de galinha ou legumes
1 xícara de queijo ralado havarti dill (ou fontina ou gruyere se é isso que você tem)

Pré-aqueça o forno a 350 graus.
Coloque uma panela com água e sal para ferver.
Enquanto o forno estiver em pré-aquecimento, coloque o pão em cubos em uma assadeira e coloque-o no forno por alguns minutos para que fiue um pouco mais crocante. Pegue o pão do forno, e espalhe os cubos uniformemente em um refratário . Derreta duas das colheres de manteiga e regue-o sobre os cubos de pão.
Quando a água ferver, escalde o repolho até ficar macio, cerca de 3-5 minutos. Escorra bem, e espalhe sobre o pão. Derreta o restante da manteiga e junte a pimenta noz-moscada e sal. Despeje a manteiga temperada sobre a couve e o pão. Sobre tudo, derrame o caldo de galinha /legumes e  espalhe uniformemente o queijo por cima.

Asse descoberto até que o queijo começa a dourar, 25 ou 30 minutos, Sirva imediatamente.
Faz tempo que não posto, mas acho que esse ano vou ficar mais presente por aqui. Aproveito esse tempinho para transcrever um artigo sobre alimentos organicos. Espero poder voltar mais vezes!!!
Se você tiver alguma duvida sobre se deve ou não consumir produtos orgânicos, considere todos os benefícios que estes alimentos têm a oferecer. Como tudo na vida, tem seus pontos negativos e positivos. Então o que exatamente é o alimento orgânico e por que ele entrou para o vernáculo de tantos americanos nestes dias?
Benefícios da alimentação com produtos Orgânicos

Aqui estão alguns princípios básicos da alimentação saudável
• O alimento orgânico é cultivado como a natureza pretendia inicialmente, sem o uso de aromas artificiais e cultivados sem adubos químicos ou agrotóxicos.
• Alimentos orgânicos também estão livres de contaminação por dejetos humanos e industriais, sendo processados sem radiação ionizante ou aditivos alimentares.
• O alimento orgânico é produzido por agricultores que enfatizam práticas agrícolas sustentáveis e de conservação, melhoria da qualidade ambiental para as gerações futuras.

• Se os animais forem envolvidos, eles devem ser criados sem o uso rotineiro de antibióticos e sem o uso de hormônios de crescimento. Atualmente os Estados Unidos e outros países produtores necessitam dessas condições para obter a certificação especial no mercado de alimentos orgânicos como dentro de suas fronteiras.

Abaixo você encontrará nove conselhos úties para identificar os orgânicos.


Dos orgânicos:

• Verifique se os produtos contêm o "USDA Certificado Orgânico" que significa que o produto foi cultivado de acordo com os rigorosos padrões estabelecidos.

• Perceba que há uma diferença entre o "natural" e "orgânico". Somente os produtos rotulados como "orgânicos certificados" têm sido aceitos como tendo cumprindo os padrões orgânicos do USDA

• Olhe para a qualidade de produtos orgânicos na loja de conveniência local. Com as vendas de alimentos orgânicos aconteceu um aumento de 17 para 20 por cento em um ano, nas lojas onde são oferecidos esses alimentos, tornando mais fácil para os clientes incorporará-los em suas dietas. Como o produto orgânico não é tratado com aditivos ou defensivos, nem sempre apresentam o tamanho ou a forma perfeita, mas o sabor mais do que compensa eventuais imperfeições estéticas

• Mantenha sua família envolvida na compra de produtos orgânicos. Não faz sentido comprar alimentos orgânicos se a sua família não vai comer. Então, compre frutas favoritas, hortaliças e lanches orgânicos que já gostam de comer.

Não Orgânicos:

• Não pague preços exorbitantes por alimentos orgânicos, carnes ou produtos, mas em alguns casos, produtos orgânicos, podem ser mais caros do que suas contrapartes convencionais.

• Não acho que só a alimentação orgânica possa ajuda-lo a ser saudável. A alimentação orgânica permite aos agricultores uma melhor parceria com a natureza ao invés de alterar ou controlar os processos naturais de crescimento. A agricultura orgânica também ajuda a melhorar a qualidade do solo em geral, estimula a biodiversidade e minimaliza os riscos a saúde e doenças ocupacionais nos trabalhadores agrícolas.

• Não ferva demais os legumes orgânicos. Dessa forma, todos os vegetais vão reduzir drasticamente a quantidade de conteúdo mineral em si. No entanto, cozinhando até que fiquem crocantes, é uma ótima maneira de desfrutar esses alimentos em uma variedade de pratos, aproveitando todos os seus nutrientes.

• Não esqueça de oferecer comida para bebé orgânica para seu pequeno. Saiba que o corpo de um bebê é muito mais sensível às toxinas do que um adulto, então os benefícios de evitar aditivos aumentam substancialmente. A eliminação de aditivos e conservantes em alimentos orgânicos para bebês também simplesmente significa que há menos ingredientes para provocar alergias e que a digestão desse alimento é mais fácil.

-------------------------------------------------- ------------------------------


Judy Keane é uma escritora freelance e trabalha como diretora de relações públicas em Scottsdale, Arizona. Ela tem MBA em Negócios Internacionais, e está atualmente trabalhando em seu primeiro livro, e a alimentos provenientes de terras próximas e distantes!





Ouvir
Ler foneticamente

Eco vilas um conceito atual

Quanta maldade!

Mães - Anjos de Deus!


Mães Morrem Quando Querem
Por Alexandre Pelegi

Eu tinha 7 anos quando matei minha mãe pela primeira vez. Eu não a queria junto a mim quando chegasse à escola em meu 1º dia de aula. Eu me achava forte o suficiente para enfrentar os desafios que a nova vida iria me trazer. Poucas semanas depois descobri aliviado que ela ainda estava lá, pronta para me defender não somente daqueles garotos brutamontes que me ameaçavam, como das dificuldades intransponíveis da tabuada.
Quando fiz 14 anos eu a matei novamente. Não a queria me impondo regras ou limites, nem que me impedisse de viver a plenitude dos vôos juvenis. Mas logo no primeiro porre eu felizmente a descobri rediviva – foi quando ela não só me curou da ressaca, como impediu que eu levasse uma vergonhosa surra de meu pai.
Aos 18 anos achei que mataria minha mãe definitivamente, sem chances para ressurreição. Entrara na faculdade, iria morar em república, faria política estudantil, atividades em que a presença materna não cabia em nenhuma hipótese. Ledo engano: quando me descobri confuso sobre qual rumo seguir voltei à casa materna, único espaço possível de guarida e compreensão.
Aos 23 anos me dei conta de que a morte materna era possível, apenas requeria lentidão… Foi quando me casei, finquei bandeira de independência e segui viagem. Mas bastou nascer a primeira filha para descobrir que o bicho "mãe" se transformara num espécime ainda mais vigoroso chamado "avó". Para quem ainda não viveu a experiência, avó é mãe em dose dupla…
Apesar de tudo continuei acreditando na tese da morte lenta e demorada, e aos poucos fui me sentindo mais distante e autônomo, mesmo que a intervalos regulares ela reaparecesse em minha vida desempenhando papéis importantes e únicos, papéis que somente ela poderia protagonizar… Mas o final dessa história, ao contrário do que eu sempre imaginei, foi ela quem definiu: quando menos esperava, ela decidiu morrer. Assim, sem mais, nem menos, sem pedir licença ou permissão, sem data marcada ou ocasião para despedida.
Ela simplesmente se foi, deixando a lição que mães são para sempre. Ao contrário do que sempre imaginei, são elas que decidem o quanto esta eternidade pode durar em vida, e o quanto fica relegado para o etéreo terreno da saudade…
"Escrevi essa crônica em 11 de março de 2008, um dia após a morte de Ignês Pelegi de Abreu, minha mãe. Naquela época eu não tive condições de ler o texto no ar, no que fui socorrido pelo meu amigo Irineu Toledo. Hoje, um ano após sua morte, repito essa crônica em homenagem não só a ela, como a todas as mães que habitam o céu."

Recebi via e-mail. Parabéns a todas as Mães!

Me apaixonei por ecologia...

Loading...

Tricotando a vida

"A vida é como um tricô.Deus te dá a lã e as agulhasE te diz: Tricota o melhor que puder, um ponto de cada vez,Cada ponto é um dia na agulha do tempo.Depois de 12 carreiras de 30 ou 31 pontos,Terás 365 pontos,Em dez anos, cerca de 3650 pontos...Alguns são pelo direito, outros pelo avesso;;;Há pontos que se perdem...Mas que podemos recuperar...A lã que o bom Deus nos dáPara tricotar nossa existênciaÉ de todas as cores:Rosa como nossas alegrias, negra como nossos sofrimentos,Cinza como nossas dúvidas, verde como nossas esperanças,Vermelha como nossos amores, azul como nossos desejos,Branca como a fé que temos nele.Quantos pontos caberão no tricô de tua vida?Só Deus é quem sabe!
“Gastronomia é a arte de usar a comida para criar felicidade”
Krafft-EbbingMargarida Nogueira**

Adoro Cachorro!

Aos nossos filhos: aqueles a quem muito amamos

A filha dizia à Mãe como tudo ia errado. Ela não se saíra bem na prova de Matemática, ...O namorado resolveu terminar com ela e a sua melhor amiga estava de mudança para outra cidade.Em horas de amargura, a mãe sabia que poderia agradar a filha preparando-lhe um bolo. Naquele momento não foi diferente. Abraçou a filha e levou-a à cozinha, conseguindo arrancar da moça um sorriso sincero.Logo que a mãe separou os utensílios e ingredientes que usaria e os colocou na mesa, perguntou à filha:- Querida, quer um pedaço de bolo?- Mas já, mamãe? É claro que quero. Seus bolos são deliciosos...-Então está bem, respondeu a mãe. Tome um pouco desse óleo de cozinha!Assustada, a moça respondeu:- Credo, mãe! Que tal então comer uns ovos crus, filha?- Que nojo, Mãe!- Quer então um pouquinho de Farinha de Trigo ou Bicarbonato de Sódio?- Mãe, isso não presta! A Mãe então respondeu:- É verdade, todas essas coisas parecem ruins sozinhas, mas quando as colocamos juntas, na medida certa...Elas fazem um bolo delicioso!Deus trabalha do mesmo jeito. Às vezes a gente se pergunta por que Ele quis que nós passássemos por momentos difíceis, mas Deus sabeque quando Ele põe todas essas coisas na ordem exata, elas sempre nos farão bem.A gente só precisa confiar n'Ele e todas essas coisas ruins se tornarão algo fantástico! Deus é louco por você. Ele te manda flores em todas asPrimaveras...O nascer o Sol todas as manhãs...E sempre que você quiser conversar, Ele vai te ouvir!Ele pode viver em qualquer lugar do universo, e Ele escolheu o seu coração!
Encontrei aqui: http://sintonia106fm.blogspot.com/2008/03/lio-de-perseverana.html